09 abril 2016

PRESTAR CONTAS



Conforme anunciámos, realizou-se no dia 8 de Abril a nossa Assembleia Geral Ordinária.
Hoje publicamos os dois documentos que foram aprovados.


RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 
ANO 2015

A Direcção da ADDPCTV teve presente na sua actividade ao longo do ano de 2015  os seguintes princípios:   
1.      Unificar a sua acção em torno do conceito de PATRIMÓNIOS e de três linhas orientadoras da sua concretização: ESTUDO E PRESERVAÇÃO / DIVULGAÇÃO / INTERVENÇÃO
2.      Renovar a base social de apoio da Associação, procurando novos colaboradores e novos públicos.
3.      Contribuir para a dinamização do espaço FORUM onde se situa a sua sede social.
4.      Cooperar com as autarquias e outras associações na valorização e divulgação do nosso Património.

Mantivemos um conjunto regular de actividades ao longo do ano com maior ou menor impacto público de acordo com as características de cada uma. Salientamos a quantidade e a diversidade de intervenções escritas com textos originais publicados no Badaladas, no Boletim da Freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães e no Mila Gaipa - jornal do Cenro Histórico, criado em 2014 e de cujo corpo redactorial fazemos parte.

De referir ainda que, para além das actividades enunciadas no Quadro 1, foram desenvolvidas outras ao longo do tempo cuja característica básica é o facto de se prolongarem sem data definida. A saber:

•Reoganização do Arquivo da Associação;
• contactos frequentes com serviços camarários e outros para preparação de actividades
   ou recolha de informações;
• visitas a lugares e/ou monumentos, para aprofundar conhecimento sobre factos que
   nos foram indicados;
• preparação de visitas guiadas com reconhecimento prévio dos locais, recolha e
   sistematização de dados;
• múltiplos contactos com colaboradores da rubrica Patrimónios, no Badaladas;
• presença constante e regular nos blogues e no Facebook.

                                                 
ACTIVIDADES EM 2015


JANEIRO

 Boletim nº 6 da Freguesia de St. Maria, S. Pedro e Matacães |Tema: Forte S. Vicente
16
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Francisco Ant.Silva - I Parte
FEVEREIRO

Colaboração no MILA GAIPA nº 5
6
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Francisco Ant.Silva – II Parte
7
O BARRETE nº 19 – Participação no Carnaval de TV
20
LUGAR ONDE (Badaladas): Indústria torriense
27
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Sobre o Choupal
MARÇO
12
Análise ao Plano de Urbanização de Torres Vedras, no Arquivo Municipal
13
Estudo no terreno sobre o Plano de Urbanização de Torres Vedras
17
Colaboração com Esc. S. Gonçalo: a toponímia torriense
19
Idem, com outra Turma
20
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Sobre o Choupal
31
Visita guiada à Igreja de A dos Cunhados e Pró-Memória com Clube Sénior da Câm Mun. TV
ABRIL

Boletim nº 7 das Freguesias |Tema: Tholos do Barro

Colaboração no MILA GAIPA nº 6
18
Dia Intern. Monumentos e Sítios: Igreja de Santiago
10
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Sobre Amilcar Guerreiro I
29
Visita guiada ao CAS Runa | Clube Senior CMTV
MAIO
1
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Sobre Amilcar Guerreiro II
19
Assembleia Geral Eleitoral da ADDPCTV
20
Visita guiada ao CAS Runa | Seniores TV
22
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Firma Fonseca & Lisboa I
JUNHO

Colaboração no MILA GAIPA nº 7
12
 PATRIMÓNIOS no Badaladas: Firma Fonseca & Lisboa II
24
Visita guiada ao CAS Runa | Seniores TV
JULHO

Página no Bol. nº 8 da Freg. de St. Maria, S. Pedro e Matacães |Tema: Igr. E Conv. Graça

Colaboração no MILA GAIPA nº 7
3
PATRIMÓNIOS no Badaladas: A loja do Ti Gregório I
24
PATRIMÓNIOS no Badaladas: A loja do Ti Gregório II
AGOSTO

Colaboração no MILA GAIPA nº 8
14
PATRIMÓNIOS no Badaladas: A Casa Miranda I
21
Página LUGAR ONDE – Casa Hipólito
SETEMBRO
2
Realização de Acção de Formação (um dia) para o projecto ISA Património da CMTV
4
PATRIMÓNIOS no Badaladas: A Casa Miranda II
19
Jornadas Europeias do Património: Mostra Exposit. E Colóquio s/ Casa Hipólito
25
Página LUGAR ONDE (Badaladas)|Jornadas Europeias do Património
OUTUBRO

Página no Boletim nº 9 da Freg. de St. Maria, S. Pedro e Mat.| Tema: Azulejos Conv Graça

Colaboração no MILA GAIPA nº 9
2
PATRIMÓNIOS no Badaladas: O Armazém do Rocha Peixeiro I
13
Aula sobre Património na ESCO
16
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Quem foi o Rocha Peixeiro II
23
Página LUGAR ONDE | S. Frei Gil e a Quinta das Lapas
NOVEMBRO
6
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Entre Peniche e Torres…III
27
PATRIMÓNIOS no Badaladas: A cocheira do Rocha Peixeiro IV
DEZEMBRO

Colaboração no MILA GAIPA nº10
16
Formação ISA Património na Capela da Srª do Amial
Encontro com Vereador do Urbanismo, Arq. Bruno Ferreira
18
PATRIMÓNIOS no Badaladas: Os motores a gasogéneo… V

...................................................  //// ........................................


PLANO DE ACTIVIDADES para 2016

Este é o segundo e último ano do presente mandato. Propomo-nos guiar a nossa acção pelos princípios definidos na nossa candidatura de 2015 e dar continuidade ao conjunto de actividades que temos vindo a desenvolver. Assim:

1.      ESTUDO E PRESERVAÇÃO

. Concluir a organização do arquivo;

. Escrever a História da ADDPCTV como forma de aprofundar a sua identidade cultural
  e valorizar a sua participação na comunidade torriense desde 1979

. Concluir a primeira parte do Projecto MEMÓRIAS DO SÉCULO XX – baseada na
  recolha de testemunhos orais – e lançar uma nova abordagem centrada na
  reconstituição do tecido social, cultural e económico de Torres Vedras.


2.      DIVULGAÇÃO

. Colaborar regularmente nos órgãos de comunicação social regional, nomeadamente:
  dando continuidade à rubrica PATRIMÓNIOS, no BADALADAS, textos no jornal do     Centro Histórico MILA GAIPA e  no BOLETIM da freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães
. Organizar um passeio cultural temático ao Santuário de Nossa Senhora dos Milagres
. Prestar serviços: visitas guiadas e sessões AO ENCONTRO DA HISTÓRIA
. Participar, no âmbito de uma parceria formal, como agente cultural específico nos projectos da CMTV: ISA e OFICINAS DO SABER

. Marcar presença regular na internet com os blogues PATRIMÓNIOS
  (http://patrimoniodetorresvedras.blogspot.com) e LINHAS DE TORRES VEDRAS
  (http://linhasdetorres.blogspot.com ) ; Facebook com as páginas Património de
  Torres Vedras,  Associação do Património Cultural de Torres Vedras e Viva Patimónio.
. Manter abertas ou criar novas possibilidades de colaboração e de parcerias com
  escolas e outras entidades interessadas.


3.      INTERVENÇÃO

. Elaborar pareceres e apresentar propostas no âmbito das competências legalmente
  reconhecidas às associações do património (Lei nº 107/2001, de 8 de Setembro)
. Participar em eventos e iniciativas locais que de algum modo se relacionem com os
  objectivos da Associação
. Comemorar o DIA INTERNACIONAL DE MONUMENTOS E SÍTIOS (18 Abril) e as
  JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO (Setembro)

. Acompanhar o desenvolvimento do Plano de Reabilitação do Centro Histórico, face às  
  alterações que venha a registar, no sentido da conservação do carácter histórico/tradicional dos seus edifícios e do equilíbrio do seu ambiente urbano.
  Neste âmbito:
       - Propor a revisão do mesmo Plano tendo em conta, sobretudo, a vocação de duas     
         grandes zonas devolutas – os espaços da ex-fábrica Hipólito e do Sporting Clube de 
         Torres.
       - Questionar e debater o futuro da Igreja de Santiago, quanto a possíveis novas 
         funções  (envolvendo a Paróquia, a CMTV e a comunidade).
       - Questionar a CMTV quanto à identificação dos vestígios do Paço do Patim.
       - Idem, sobre a pertinência da criação de um Centro Interpretativo da Comunidade 
         Judaica, a instalar numa casa do bairro do Castelo, face a uma ausência de política 
         museológica geral.
 . Questionar e debater a actual situação do Museu Municipal e do seu importante espólio,
   designadamente em função dos novos espaços de musealização anunciados.

Para além desta sistematização propomos ainda:

               . Actualizar a lista de sócios e adoptar um modo expedito de recepção de quotas.
               . Tendo em conta os mais de trinta anos de vigência dos actuais estatutos, 
                 realizar uma Assembleia Geral Extraordinária com a finalidade de actualizar a 
                 localização da sede social e proceder às alterações estatutárias que se revelem 
                 mais adequadas.
           . Formalizar modos de actuação da Associação em torno da elaboração de 
             projectos escritos com vista à sua apresentação a entidades externas que possam 
             contribuir para a sua concretização.
          . Realizar sessões abertas, em locais a designar, com vista à sensibilização e 
            captação de novos públicos e colaboradores. 

Nomeadamente, promover sessões públicas de debate sobre questões específicas da nossa cidade: porquê uma nova Biblioteca Municipal; que uso dos espaços urbanos; ponto da situação quanto ao programa Torres ao Centro; qual o programa de recuperação das antigas instalações do IVV - necessidade de ouvir os cidadãos.

. Retomar a edição do CD  sobre Torres Vedras bem como a publicação de “
  Electricidade Torres Vedras” -  programada em 2012, aquando da comemoração 
  do Centenário da electricidade no nosso concelho, por iniciativa da nossa 
  Associação,
              
Torres Vedras, 8 / Abril / 2016
A DIRECÇÃO:
Joaquim Moedas Duarte
José Pedro Sobreiro
Lúis Filipe Rodrigues
Pedro Fiéis
Carlos Cunha



05 abril 2016

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA


Convite aos sócios e amigos do Património de Torres Vedras



           Nos termos do parágrafo primeiro do artigo sétimo dos estatutos da Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras, convoco todos os associados para uma Assembleia Geral ordinária a realizar no próximo dia 8 de Abril de 2016 (Sexta-feira), pelas 21.30 h, na Sala Reservada do Restaurante Moinho do Paul, em Paul, arredores de Torres Vedras, com a seguinte ordem de trabalhos:

 1 - Apresentação, discussão e votação do Relatório de Atividades e Contas da gerência do ano de 2015.
2 – Apresentação do Plano de Actividades para 2016.
 3 – Outros assuntos de interesse para a nossa Associação.

Se à hora marcada não estiver presente mais de metade dos sócios, convoco desde já uma segunda Assembleia, a realizar meia hora depois, com os sócios que estiverem presentes.    
A Assembleia Geral será precedida de jantar de convívio entre associados, familiares e amigos, a iniciar-se às 20H00 no mesmo local, devendo os interessados inscrever-se até dia 5 pelo TM 962435928.                                    

Torres Vedras, 20 de Março de 2016
O Presidente da Assembleia Geral
Carlos Guardado da Silva
……………………………………………………………………………………………

PREÇO DO JANTAR: 15€

Preço inclui: refeição completa com 2 pratos ; sala reservada entre as 20H00 e as 24H00
Data limite para inscrição no jantar: 5 Abril (Terça-feira)

Venha estar connosco. A sua presença é muito importante para nós.
Obrigado

29 fevereiro 2016

QUE É QUE TEMOS ANDADO A FAZER?


Não temos actualizado o nosso blogue, é verdade. Contudo, ele continua a ser visitado diariamente por um número regular de interessados no nosso Património, o que nos incentiva a continuar com o empenhamento de sempre.
A Associação do Património de Torres Vedras tem mantido uma actividade permanente, na concretização do seu programa de acção. Assim:

1 -  Temos dado continuidade à publicação, no jornal Badaladas, da rubrica PATRIMÓNIOS com testemunhos vivos das memórias do séc. XX de Torres Vedras. A rubrica, que sai normalmente duas vezes por mês, já vai em cerca de 100 publicações.

2 - Tivemos uma reunião com o Vereador da Câmara Municipal Bruno Ferreira para esclarecimento de questões relacionadas com a gestão urbanística. Ficou decidido realizar regularmente estas reuniões.

3 - Iniciámos uma parceria com a Câmara Municipal para a realização de sessões sobre Património Local integradas no Clube Sénior. A primeira foi em 11 de Janeiro, no Outeiro da Cabeça; a segunda, em Dois Portos, realizou-se em 25 de Fevereiro.








4 - Continuámos a colaborar com o Projecto ISA Património (Idosos Saudáveis e Activos), através de acções de formação para os participantes que asseguram a abertura de algumas igrejas de Torres Vedras. Destaque especial para a Capela de Santa Maria do Amial que foi aberta ao público em Janeiro do corrente ano, no âmbito deste projecto.





5 - Prosseguimos a publicação de uma página no Boletim da União de Freguesias de Santa Maria, S. Pedro e Matacães, dedicada aos Monumentos desta unidade territorial administrativa. Já foram publicados dez números com a nossa colaboração.



6 - Publicámos em Janeiro, com o apoio da Promotorres,  o nº 20 da revista de sátira carnavalesca O BARRETE.


7 - Iniciámos em Janeiro a colaboração com o Pelouro do Património Cultural da Câmara Municipal de Torres Vedras num projecto de apoio a imigrantes do Extremo Oriente sediados no concelho de Torres Vedras. Comprometemo-nos a realizar sessões de divulgação cultural centradas no nosso Património Local.

8 - Participámos activamente na Assembleia Geral do Forum de Associações de Torres Vedras integrando os seus Corpos Gerentes com três elementos da Nossa Direcção.




9 - Respondendo a uma solicitação do Centro de Formação das Escolas de Torres Vedras e Lourinhã, orientámos uma visita guiada nas Linhas de Torres Vedras, integrada no Curso de Formação para Professores intitulado (Re)Conhecer Torres Vedras - As Linhas.





10 - Continuámos o moroso e paciente trabalho de organização dos nossos arquivos documentais e fotográficos.

26 outubro 2015

CONVENTO DA GRAÇA - RESTAURO DOS AZULEJOS DO CLAUSTRO


Prosseguem em bom ritmo os trabalhos de recuperação dos azulejos.
Estivemos há dias com uma das equipas que lá têm trabalhado: a Telma Gomes, a Lúcia Leitão e o Alexandre Sá Viana.
Gente nova num trabalho de rigor, minúcia e habilidade.






11 setembro 2015

MEMÓRIAS DA CASA HIPÓLITO DE TORRES VEDRAS



JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO 2015
19 Setembro 2015
Museu Municipal Leonel Trindade
Torres Vedras

MEMÓRIAS DA CASA HIPÓLITO

15H00 – Inauguração de uma MOSTRA EXPOSITIVA sobre a    empresa

15H45 - Colóquio
. 2015 – Ano Europeu do Património Industrial e Técnico
Paulo Oliveira Ramos ( Docente da Universidade Aberta e do Instituto de História da Arte – FCSH Universidade Nova de Lisboa, membro da Comisão da APAI para as Jornadas Europeias do Património Industrial e Técnico)

.  Fogão Hipólito, campeão de vendas
Rui Nunes Brás, (Chefe da Divisão de Cultura, Património Cultural e Turismo da Câmara Municipal de Torres Vedras)

. Casa Hipólito, «a galinha que põe ovos de ouro»: memórias           de uma polémica
Joaquim Moedas Duarte (Professor do Ensino Básico, Aposentado; Presidente da Direcção da Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras; Mestrando em Estudos do Património da Universidade Aberta)
              


Organização da Câmara Municipal de Torres Vedras em parceria com a Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras e a APAI – Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial.









Estas actividades integram-se nas JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO 2015

24 agosto 2015

QUEM TRABALHOU NA CASA HIPÓLITO?


2015 é o ANO EUROPEU DO PATRIMÓNIO INDUSTRIAL E TÉCNICO.
Em Torres Vedras vai realizar-se uma iniciativa, integrada no programa nacional, que tem como tema central a Casa Hipólito.

Veja-se em pormenor:


Aqui fica o convite a todos os amigos do Património de Torres Vedras. Trata-se de preservar a memória daquela que foi a maior empresa industrial do concelho ao longo do século XX.