18 Setembro 2014

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO



A Associação do Património de Torres Vedras e a Associação Cultural e Etnológica de A dos Cunhados comemoram as JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO 2014



PROGRAMA - 27 SETEMBRO 2014

11H00   - OS MONUMENTOS NACIONAIS DE TORRES VEDRAS         
                 Sessão no FORUM das Associações de TV, [ Travessa do 
                 Quebra Costas, Centro Histórico de Torres Vedras] 
                 Repete-se às 21H00. 
                 Estas sessões integram-se, também, no Programa    
                 LARGO CO(N)VIDA, iniciativa da Câmara Municipal de 
                 Torres Vedras.

15H00 -   Adro da Igreja em A dos Cunhados: 
                 concentração das pessoas interessadas em participar

15H15 -   Visita guiada à Igreja de Nª Srª da Luz

16H00 -   Visita ao Núcleo Patrimonial da Azenha, Casa do 
                 Moleiro e Adega em A dos Cunhados

Todos estamos convidados. 
"Conhecer o nosso Património para melhor o divulgar e defender"

01 Setembro 2014

S. PEDRO DA CADEIRA: MEMÓRIAS DO CÍRIO DA PRATA GRANDE





O Círio da Prata Grande é uma festa religiosa de enorme significado para S. Pedro da Cadeira, freguesia do nosso concelho. Trata-se de uma festividade que só acontece de 17 em 17 anos e que consiste na visita de uma imagem peregrina de Nª Srª da Nazaré. Esta faz um périplo por 17 freguesias, uma cada ano, segundo uma ordem fixada num Compromisso assinado por todos em 1741. São 13 freguesias de Mafra, 3 de Sintra e só uma de Torres Vedras, S. Pedro da Cadeira.

2015 será ano de visita da imagem peregrina a esta freguesia e, para assinalar o facto, foi lançado ontem, 31 de Agosto, no Salão Paroquial daquela vila, o livro  DEVOÇÃO À VIRGEM DA NAZARÉ - O passado e o presente da paróquia de S. Pedro da Cadeira, de Célia Santos e Aurélio Santos, com prefácio de D. Manuel Clemente, patriarca de Lisboa. 
Este livro, com uma belíssima apresentação gráfica, tem como objectivo reunir um conjunto de dados históricos e memorialísticos sobre a festividade conhecida por Círio da Prata Grande na freguesia de S. Pedro da Cadeira. É um repositório de memórias históricas bem documentadas, enriquecido por inúmeras fotografias que lembram aos mais novos as vivências do passado e recordam aos mais velhos alguns momentos especiais das suas vidas.
Quanto a nós, saudamos vivamente esta edição, pelo seu significado e importância patrimoniais.













Os autores, Célia Santos e Aurélio Santos, fizeram a apresentação do livro

25 Agosto 2014

CONVENTO DO VARATOJO: RECORDAR UMA REPORTAGEM DE 1992

Há 22 anos passámos 24 horas no Convento do Varatojo. Foi uma experiência inesquecível. Hoje talvez seja difícil encontrar a revista em que essa reportagem foi publicada. Aqui a deixamos, em imagens digitalizadas página a página. É de fácil leitura se ampliarem a imagem.






[Frei António do Nascimento faleceu 
em 19 de Abril de 2014, com 98 anos]






TEXTO: Joaquim Moedas Duarte
FOTOS: Ezequiel Santos



24 Agosto 2014

CONVENTO DO VARATOJO: A ARTE DE FREI ANTÓNIO LOPES

O claustro, lugar de luz, silêncio e serenidade.





A velha glicínia que abraça a coluna



Na Portaria, Frei António Lopes fabrica pacientemente os terços que vende aos forasteiros por uma bagatela: 2€.



As contas de rezar são feitas com um pequeno fruto que ele chama de "lágrimas de Nossa Senhora":


De onde vêm essas pequenas bagas?
Frei António saiu da Portaria, por momentos, e foi-nos mostrar o arbusto, na antiga horta do Convento:





























-Gostou de ver?

- Claro que sim, obrigado.

Para recordação, trouxemos um terço manufacturado por Frei António.




Fotos J Moedas Duarte
Visita ao Varatojo em Junho de 2014.

22 Junho 2014

DIRECÇÃO GERAL DO PATRIMÓNIO CULTURAL


Direção-Geral do Património Cultural tem um novo site

Está disponível em www.patrimoniocultural.pt o novo site da Direção-Geral do Património Cultural, reunindo todas as funcionalidades dos antigos sites do ex-IGESPAR e do ex-IMC, possibilitando o acesso a um conjunto de informações alargado sobre as diferentes áreas de actuação da responsabilidade directa desta Direção-Geral e também sobre conteúdos relacionados com o universo de trabalho no âmbito do Património Cultural, designadamente do património edificado urbano, arquitectónico e arqueológico, do património móvel, do património imaterial e dos museus e monumentos.
O novo site dá também acesso a uma Agenda alargada, composta por eventos realizados nos Museus e Monumentos, por todo o país e às Notícias mais recentes referentes ao universo do Património Cultural.

20 Junho 2014

TORRES VEDRAS: UM FILME DOCUMENTÁRIO DE 1926, da CINEMATECA

Muito curiosa esta reportagem de um acontecimento que deu brado em Torres Vedras, em 1926, no Choupal, em Torres Vedras.











Capela da Senhora o Ameal, no Choupal



TORRES VEDRAS - INAUGURAÇÃO DA EXPOSIÇÃO AGRÍCOLA, PECUÁRIA E INDUSTRIAL - 22 AGOSTO 1926
http://www.cinemateca.pt/Cinemateca-Digital/Ficha.aspx?obraid=13367&type=Video

Sugestão de Venerando de Matos no seu Vedrografias.

19 Junho 2014

PATRIMÓNIO INDUSTRIAL

















Participámos hoje nesta Jornada, iniciando assim os nossos contactos com a APAI.

O programa foi integralmente cumprido.
Um dia muito positivo, pelo que aprendemos e pelos contactos que fizemos.

12 Junho 2014

UMA BOA NOTÍCIA PARA O PATRIMÓNIO CONCELHIO





Isabel de Luna chama a atenção na sua página do Fbook:


Direção-Geral do Património Cultural - Anúncio n.º 149/2014

Abertura do procedimento de classificação do Solar da Quinta
Velha do Hespanhol, na Quinta do Hespanhol, Carreiras, União
das Freguesias de Dois Portos e Runa, concelho de Torres Vedras,
distrito de Lisboa.

Algumas imagens da Quinta, ver aqui:
http://aorodardotempo.blogspot.pt/2012/10/imagens-do-meu-olhar-uma-tarde-na.html

Foto: J. Moedas Duarte

18 Abril 2014

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS 2014



Depois da sessão no Museu Municipal Leonel Trindade alguns dos participantes deslocaram-se ao lugar da Fonte Nova para uma foto de grupo.



E já que ali estavam, subiram a rua do Casal do Aleixo e foram até à Fonte dos Negros e ao que resta do aqueduto que alimentava a fonte quinhentista onde o arqueólogo António Gonzalez explicou o significado dos vestígios que observaram.

(Fotos: José Pinto Gouveia)


10 Abril 2014

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS 2014

 


Lugares de Memória 

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é uma iniciativa criada pelo Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) em 1982 e aprovada pela UNESCO no ano seguinte. Esta comemoração tem como objetivo sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua proteção e valorização.

Este ano, o evento tem por tema Lugares de Memória, com vista a sensibilizar os cidadãos para a salvaguarda e valorização do seu património local, procurando reencontrar os seus valores e memórias, dentro do espírito de que o património retém uma natureza evocativa e de celebração, em torno da qual se reforça a identidade coletiva.
Atendendo a que o dia 18 de Abril coincide com o dia de Sexta-feira Santa, as atividades deste ano decorrerão durante a semana da Páscoa (12 a 20 de Abril).

12 de abril | sábado
Museu Municipal Leonel Trindade | Praça 25 de abril

15h30 | Palestra sobre a Fonte Nova
A palestra terá como base um trabalho de investigação sobre o imóvel, levado a cabo pela Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras e pelo Museu Municipal Leonel Trindade. Nela se abordará o seu percurso histórico, enquadrado nas problemáticas do abastecimento de água à vila e da salvaguarda do património, atendendo ao processo de demolição e de posterior reconstrução, de que o monumento foi alvo no século XX.

Oradores:
Joaquim Moedas Duarte
(Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras)
Luís Filipe Rodrigues
(Associação para a Defesa e Divulgação do Património Cultural de Torres Vedras)


16h30 | Inauguração da exposição Fonte Nova, memórias de um lugar
Exposição patente até 18 de maio
A exposição procura evidenciar a Fonte Nova como lugar de memória, cruzando a informação histórica do monumento com as histórias e as memórias pessoais do sítio, partilhadas por diversos torrienses, que colaboraram nesta realização.


17h00 | visita guiada à Fonte Nova e à Fonte dos Negros
Partida do Museu Municipal
Nota:
Existirá transporte para pessoas com mobilidade condicionada.



09 Fevereiro 2014

IGREJA DE S. PEDRO DE TORRES VEDRAS




A Igreja de S. Pedro foi reaberta ao público depois de quatro meses de encerramento para obras.

Tal como nos diz o BADALADAS (semanário de Torres Vedras) desta semana, tratou-se de restaurar as pinturas do tecto da capela-mor, limpar a talha dourada do retábulo do altar-mor e reparar o retábulo do altar da Santíssima Trindade. Estes trabalhos estiveram a cargo do Instituto de Artes e Ofícios da Universidade Autónoma de Lisboa.

Os tectos estavam muito danificados e as pinturas mais antigas, feitas numa campanha de obras no séc. XIX, haviam sido recobertas por estuques e repinturas ocasionais, possivelmente para reparar fendas.
Agora foi possível limpar tais acrescentos e trazer à luz do dia o que Mestre Peres  havia feito em 1887 e que deixara assinalado com a sua assinatura -que também estava tapada.
Os pormenores mostram-nos símbolos da Eucaristia em fundo branco, na zona mais próxima do retábulo, e o cordeiro pascal entre desenhos de grotescos, na zona intermédia para a nave central.

De notar que este pintor era torriense e deixou obra feita noutros lugares, nomeadamente retratos a óleo de antigos Provedores da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras - que se encontram na Sala do Despacho desta instituição, ao lado da Igreja da Misericórdia - e um conjunto de frescos numa sala da vivenda da família de Joaquim Alberto Mota, em Santa Cruz, representando aquela aldeia nos finais do séc. XIX.
Por curiosidade: o pintor, a quem chamavam "Mestre Peres", era avô de uma senhora que vive em Torres Vedras e que completou recentemente 100 anos de vida, a Dona Piedade Peres Sobreiro.
Vejamos algumas fotos que fizemos há dois dias numa visita à Igreja. Ali apreciámos a obra agora feita e confirmámos a necessidade de a continuar nos restantes altares em que a talha dourada está enegrecida e no belo órgão, que há muito emudeceu.

NOTA:
Os cortinados brancos que se vêem nas paredes tapam os espaços onde estavam quatro telas representando os quatro doutores da Igreja os quais se encontram em restauro. 
Em breve colocaremos aqui mais alguns dados curiosos sobre anteriores campanhas de obras nesta Igreja.
















RETÁBULO DA SANTÍSSIMA TRINDADE








30 Novembro 2013

TORRES VEDRAS ANTIGA


Postal do início do séc. XX: anos 20/30? Em primeiro plano, do lado direito, o cemitério de S. João. Agradecemos à nossa associada Margarida Brilha o envio deste postal.

A propósito de imagens antigas, deixamos aqui a referência a um estudo que acaba de chegar ao nosso conhecimento e que é mais uma contribuição para o conhecimento da História torriense:


MICROANÁLISE DE LONGA DURAÇÃO EM DEMOGRAFIA URBANA
Santa Maria de Torres Vedras entre os séculos XVII e XX

Autores:
                                                                Carlos Guardado da Silva
                                       Maria Norberta Amorim
                                       Paula Correia da Silva

Consultável aqui:





26 Novembro 2013

OLHANDO DO ALTO







O Castelo de Torres Vedras e a zona histórica à sua volta, vistos do alto.
Estamos certos de que o autor destas belas fotos não se zanga connosco. Elas podem ser vistas aqui:
http://portugalfotografiaaerea.blogspot.pt/